sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Monemvasía I








Também conhecida como o "Gibraltar da Grécia", é uma cidade fortificada construída em doís níveis sobre uma rocha que se ergue a 350m do nível do mar. Embora o nível superior da cidade esteja em ruínas (o último habitante partiu em 1911), o nível inferior está na sua maioria restaurado, com cafés, lojas e algumas estalagens construídas a partir de antigas casas de pedra.
Monemvasía fica no extremo sul do continente, na região do Peloponeso tendo sido separada do continente por um tremor de terra em 375, tornando-se uma ilha até à construção da passagem de terra no séc. VI, quando foi fortificada pela primeira vez.

A cidade está cercada por muralhas venezianas do séc. XVI com 900m de comprimento, sendo possível caminhar sobre quase toda a balaustrada. Esta cidade teve o seu período áureo no séc. XV e contava com 50.000 habitantes, era uma cidade-estado autónoma vivendo do talento comercial das suas frotas e da posição estratégica em plena rota comercial entre a Itália e o Mar Negro. Com a abertura do Canal de Corínto (1893), Monemvasía perdeu a sua importância comercial e militar.

25 comentários:

Sandra Rocha disse...

mais uma bela viagem que fiz por aqui :)
Adorei a 1ª foto.

Andre M disse...

Já eu gostei especialmente da 3.ª foto, pelo enquadramento...

um abraço

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA HELENA, MARAVILHOSAS FOTOS... E A IMFORMAÇÃO ESPECTACULAR... BOM FIM DE SEMANA... BEIJINHOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

O Repórter Alentejano disse...

Acho que fiquei sem pedalada para acompanhar o ritmo avassalador de novas e excelentes fotos, de modo que agora vim só aqui para te desejar um excelente fim-de-semana, regressarei oportunamente para pôr a escrita em dia.
Beijinho,
O Repórter Alentejano.

Cadinho RoCo disse...

A Grécia é uma maravilha.
Cadinho RoCo

Ferreira-Pinto disse...

Mais um interessante roteiro.
Gostei especialmente da segunda foto.

William Alexander López disse...

Hermosa ciudad que nos muestras, tiene como para hacer muchos temas fotográficos, muy interesante.

Excelente trabajo
Abrazos

Ana Lúcia disse...

Gosto especialmente do ambiente mediterrânico da segunda.

JOSÉ NEVES disse...

Sempre que aqui venho descubro uma verdadeira enciclopédia, as imagens são excelentes e as descrições de grande qualidade.

Sinceros parabéns amiga, um beijinho.

Miguel Almeida disse...

Olá Helena,

não me posso esquecer quando for à Grécia de imprimir as tuas fotos e texto. As fotos estão fantásticas e a descrição que produzes põe-me a viajar

Pedro Barata disse...

Obrigado, Helena. Mais um belo post.
Beijinhos

Marisa Caetano disse...

Excelentes fotos :) Voltarei mais vezes

Osvaldo disse...

Olá Helena;
Como sempre, maravilhosas fotos e descrição histórica a valorizá-las.
A minha colega grega já consultou o teu blog, traduzi-lhe o conteúdo e ficou felissíssima e perguntou-se a ela mesmo, quando será que o governo grego a vai condecorar pelo excelente trabalho de divulgação do país.
bjs

Custódia C.C. disse...

Decididamente a Grécia é um País abençoado pela natureza....

missixty disse...

A foto a preto e branco está muito bonita e as outras também!
Linda terra!

Marquês de Sade disse...

À custa destas maravilhosas fotos, só me apetece dar aí um saltinho :)

Bj

the donG disse...

wow! beautiful truly! lately ive been reading a lot about greece in the conde nast traveler magazine.

O Repórter Alentejano disse...

Isto é assim: A luz e as tonalidades características das tuas fotografias viciam. Os tons luminosos quase “pastel” e a luz difundida pela característica atmosfera daí tornam as fotografias (na minha opinião pessoal) cativantes e relaxantes.
Claro, para isso é fundamental algo que eu já disse algumas vezes aqui que são os enquadramentos feitos com uma precisão quase cirúrgica, sejam feitos logo no momento da captação das imagens ou posteriormente corrigidos no computador.
Se considerarmos o preto e branco como “ausência de cor” (emboramente o preto cinzento e branco sejam cores neutras), todos os factores que referi acima resultam num ambiente de uma certa forma acolhedor e que acaba por despertar os sentidos para a exploração dos mais variados detalhes presentes na fotografia.
E já estou como o José Neves, “uma verdadeira enciclopédia”!
Portanto, o prometido é de vidro. Eu disse que regressava para pôr a escrita em dia!
Falando em bom Português, “gosto disto, porra!”
Beijinho, porta-te mal!
O Repórter Alentejano.

Daniel J Santos disse...

belíssimo lugar.

A primeira foto é magnifica.

Fátima disse...

Pois é vou mesmo precisar de umas dicas, sempre sonhei visitar a Grecia e este ano faço 25 anos de casada, seria uma bela ideia sem duvida.
As fotos são uma autentica maravilha
Beijinho

Gata Verde disse...

Olá amiga!
Já aprendi mais um pouco...e gostei bastante das fotos que nos mostras!

beijocas

Helena Paixão disse...

Com todos estes recantos pitorescos quem é que não fica com vontade de visitar esta bela cidade?

Claro que o olho clinico da fotógrafa realça estes recantos com enquadramentos muito bem estudados.

Bjs :-)

Adrian LaRoque disse...

Belas fotos por este blog, parabéns!

jjoao disse...

cara helena de troia, pode dizer-me a melhor forma de visitar Monemvasia a partir de Atenas? Em transportes publicos. Quanto tempo demora etc.Obrigada

Helena de Tróia disse...

Caro JJoão

Chegar a Monemvasiá de transportes publicos é impossível! a região é de muito difícil acesso, as estradas são muito más, em percurso de montanha e mesmo de carro desde Atenas demora-se cerca de 5h.