terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Paros II






...E assim terminamos esta viagem à ilha de Paros! Espero que vos tenha aberto o apetite!!:-)

20 comentários:

José Rasquinho disse...

Uma das coisas que me encanta nestas paisagens, é o domínio do branco! Tem algo que me lembra o "meu" Alentejo!
Foi, sem dúvida um lindo passeio, para nos fazer esquecer um pouco o frio.
Bjinho.

Viajante disse...

Se abriu! Aquela esplanada está mesmo a pedir uma salada grega e um frapê de café para rematar.

Bjs

Daniel J Santos disse...

sem duvida nenhuma que me abriu o apetite para este belo lugar.

FERNANDA & ASTROLOGIA disse...

QUERIDA HELENA MAIS FOTOS EXTRAORDINÁRIAS EM BELEZA... ADOREI AMIGA... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Gata Verde disse...

Sem dúvida!!
Já estou a "viajar"...no meu sofá!
hehehehehe

beijocas

Andradarte disse...

É de facto maravilhoso. Adoro Fotografia de qualidade, virei mais vezes.

Rafeiro Perfumado disse...

Por acaso vou almoçar agora...;)

Custódia C.C. disse...

Agora dava jeito o calorzinho da Ilha de Paros ...

PreDatado disse...

Mas isto é só passear? :) Excelentes fotos.

Modesto Viegas disse...

Bonito passeio!
Obrigado pela viagem através das bonitas fotografias e do apetite nem se fala... :-)
bj

tossan disse...

Assim é bom viajar! Lindas fotografias vc faz. Abraço

Anónimo disse...

Por akaso tenho em mente ir a Paros ou Naxos este ano.
Qual das duas aconselha?
Também penso visitar Santorini.
obrigada

Osvaldo disse...

Olá Helena;
É bom ver que tudo está bem na tua volta das férias em (imagino) Lisboa.
O meu blog anterior, por motivo que até agora não compreendi, deixou de funcionar e de nada resultar para o "reanimar", decidi mudar o nome e continuar no mesmo estilo...
Foi pena, porque tinha colocado no último post uma pergunta e fiquei um pouco com "cara de parvo" para explicar às pessoas o problema surgido. Mas informo-te assim como a todos os que participaram até ao desaparecimento do blog, que a Verdinha tinha dado a resposta certa, ou seja ;
As Colunas são de um Templo Romano e encontram-se no lugar onde foram erigidas que é numa colina em frente ao Lago Léman na cidade de Nyon.

Ao mesmo tempo fico feliz de ver que nos continuas a brindar com maravilhosas fotos e ontem comentei com uma colega grega que é Conservadora em Numismática a quem dei o endereço do teu blog.

bjs

Helena de Tróia disse...

Caro(a)Anónimo

Paros e Naxos são ambas muito bonitas e com boas praias. No entanto, Naxos é maior, tem mais coisas para ver, por isso se pretender umas ferias mix entre praia e umas voltas de carro pela ilha para conhecer, é melhor optar por Naxos, porém Paros tem uma pequena cidade encantadora que é Naoussa que é imperdível! se vier com tempo até poderá ficar numa ilha e tirar 2 dias para visitar a outra pois elas são em frente uma da outra, muito perto e no verão há sempre ferries que ligam muiot facilmente as ilhas.

Santorini tem uma cidade bonita com a cratera do vulcão mas atenção não tem praia! e é muito mais cara do que as outras por ser mais turistica.

espero ter ajudado!

missixty disse...

Até já me apetecia ir de férias amanhã! :))) Muito bonitas as fotografias e as paisagens!

José Quintela Soares disse...

Muito bonito.
Claro que abriu o apetite.
Obrigado.

joaofialho disse...

Olá Helena.
Cá estou de volta.

Gosto da forma como retrata o branco neste conjunto de fotos.

Saudações.

Sandra Rocha disse...

Ficamos sempre com apetite a mais :)
Adorei a foto a P&B.

Anónimo disse...

Obrigada desde já agradeço as dicas que me deu sobre as ilhas de santorini paros e naxos..talvez opte pelo bonito/barato (paros, naxos) ..afinal de contas é grécia à mesma :)
obrigada

O Repórter Alentejano disse...

Muito agradável. Mesmo muito agradável. Já me está crescendo água na boca LOL. A série de fotografias seleccionada lembra-me férias, descanso, calma...
Obviamente que, mesmo estando todas as outras fotos excelentes, a minha preferência vai direitinha para o nocturno, mesmo tendo verificado que o foco da máquina não se fixou no infinito como era suposto, deixando a foto com uma ligeira perda de definição. Ou então não usaste tripé o que, mesmo assentando a máquina numa superfície supostamente firme, origina este efeito de aparente desfocagem. Falo obviamente dos edifícios ao fundo e não do pretendido arrastamento e suavização da superfície da água. Mesmo assim, o “tal” ambiente emerge; respira-se alegria. Gostei muito.
Bêjos.
O Repórter Alentejano.