quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Atenas



Não é realmente uma grande cidade mas é sem dúvida uma cidade grande!: 5 milhões de almas convivem neste espaço em prédios amontoados sem estilo, apertados entre as montanhas e o mar. Claro que o castiço é esta desorganização toda estar misturada com monumentos milenares em cada esquina...

12 comentários:

Sandra Rocha disse...

Ao menos ainda continuam láos monumentos, espero que não se lembrem um dia de os destruir para mais uns prédios. :)

http://fontesefontanarios.blogspot.com

Viajante disse...

À parte da sua matriz caótica, Atenas é uma cidade cheia de estilo, basta conhecer ou saber procurar. Claro, tem de tudo, como todas as outras capitais mediterrânicas. Ao mesmo tempo tem uma alma que a destingue e a destinguirá, sempre!

Eu sou fã nº.1! Nota-se, não? :))

Um aplauso mais para as fotos, a do teatro de Herodes Ático e a outra tirada a partir da Acrópole para a Ágora Antiga e para o bairro de Monastiráki.
A vista a partir do monte de Likabetos é igualmente esmagadora. Aguardo esse registo ;)

Abraço!

O Repórter Alentejano disse...

Só aí está praticamente (o equivalente a) metade da população de Portugal! Grande, sem dúvida, logo um local que deve ser altamente stressante :-s (penso eu de que...) Bem, mas isso já foge aos meus propósitos comentaristas... Em mais estes dois exemplos to teu olhar cirúrgico torna-se evidente esse curioso contraste temporal, que espero que se mantenha por aí sem ser “amenizado” pela absorção devida à expansão da urbe moderna.
Fotograficamente falando, nota-se aqui de forma bem evidente a presença desses mencionados 5 milhões de habitantes. É que o céu está pouco nublado, mas aquele irritante véu da poluição (muito gasóleo, muita gasolina, muito tabaco a ser queimado por unidade de tempo) lá está a dar um brilho “duro” a qualquer das imagens mas que apenas as penaliza ligeiramente por retirar contraste e cor, já que a nitidez e o enquadramento mantêm o nível de qualidade habitual das fotografias presentes neste espaço.
Nunca experimentei, até porque esta história do quantitativo de €€€ faz um gajo ficar grego com a vida, mas se tiveres possibilidade experimenta um filtro “skylight” ou até um neutro “degradé” para tentares combater esse véu atmosférico.
“Castiço”... Não deixa de ser uma observação castiça a tua LOL
Bêjos,
O Repórter Alentejano.

Helena de Tróia disse...

Sandra:

As receitas do turismo são mais fortes do que as receitas provenientes da construção imobiliária! e enquanto for assim os monumentos vão ficando por lá (mesmo que ás vezes falte um bocadinho de preservação...), mas enfim, o mundo não é perfeito!

Viajante:

As minhas fotos do Licabetus não estão nada boas..era verão, havia muita poluição no ar e ficaram pouco nitidas, com pouco brilho..devia lá ir outra vez, mas o funicular faz-me vertigens!!:-)))

Reporter Alentejano:

Pois é um bocadinho stressante(comparado então com o Alentejo!..;-)))mas felizmente não vivo no centro mas sim numa pequena localidade a sul (20km)perto do mar. pois o filtro para a masquina...ainda agora estou a tomar conhecimento num tete a tete com o photoshop.....o caminho adivinha-se longo...:-)))

Madalena disse...

Pessoalmente dispensava todos os prédios "com cara de caixote" de qualquer lugar do mundo excepto da América. Lá quase não há realamente História. :)

Bjinho

Custódia C.C. disse...

Castiço mesmo :) mas que a imensidão dos prédios incaracterísticos, não anule os milenares :)

the donG disse...

is this place real??? wow! these are the places that i like to see. so unique to see an almost mono colored town!

William Alexander López disse...

Para mi es poder viajar por un instante y conocer otras bellas tierras, por lo que dices una ciudad grande y muy poblada, pero con muchos detalles para fotografíar, interesante.

Saludos

Daniel J Santos disse...

grande perspectivas, estou a gostar do passeio.

Gata Verde disse...

Quando estive no cimo do monte, tive a sensação que a cidade era uma imensa favela tal é a desorganização.

beijoca

ps:este teatro ainda é belo

j.fialho disse...

Deve ser uma metrópole enorme. Cinco milhões? Tchiii ... tantos.

Pedro Barata disse...

Uma das cidades que gostava de conhecer. Adorava juntar o útil ao agradável e aproveitar o jogo da próxima semana, mas as contenções orçamentais imperam... :(

Beijinhos